CERÂMICA DE VIANA DO CASTELO

ACERCA

Coleção da autoria de Manuel Chaves e Castro (1922-2011) com fotografia de Gualberto Boa-Morte Galvão, composta por 87 provas coloridas e p&b, foi produzida entre 1984 e 1985 no âmbito de um projeto de inventário da cerâmica de inspiração oriental realizada pela fábrica de Viana do Castelo.

Esta fábrica, também designada por fábrica da Loiça de Viana, existe desde 1774, primeiro na freguesia de Darque e posteriormente, a partir de 1947, na freguesia de Meadela. Depois de um período de inatividade em 2010, resultado de problemas financeiros, encontra-se atualmente em laboração.